Avenida Paulista, 2073

Dedetizadora em São Paulo

Como acabar com cupim

Os cupins são causadores de grandes prejuízos a diversas pessoas, especialmente aquelas que possuem residências em madeira ou móveis do material, uma vez que se alimentam de madeiras, papel, tecidos e todo material celulósico. Uma infestação de cupins normalmente é identificada pelos estragos que esses insetos causam de degradação das peças de madeira, como perfurações, canais, apodrecimento e outros estragos.

Como acabar com cupim Para identificar uma infestação, é importante observar se a madeira possui alguns desses sinais, se há acúmulo de serragem próximo às peças, caindo do teto, no piso ou rodapés ou se a madeira encontra-se flácida ou oca. Conheça os principais métodos utilizados para acabar de vez com os cupins:

Métodos caseiros

Existem vários métodos caseiros que servem para eliminar cupim, que vão desde o preparo de soluções caseiras até a aplicação de alguns inseticidas que encontramos no mercado e são eficientes em como acabar com cupim. Sobre esses métodos e produtos, é importante ressaltar que, pelo fato de eles não eliminarem todas as colônias de cupins e essa ação só é possível a partir de uma análise minuciosa para a identificação dos locais de alojamento desses insetos e a sua espécie. Além da dificuldade de identificação dos cupins, esses produtos de utilização caseira oferecem grandes riscos de contaminação ao ambiente, podem ser demasiadamente tóxicos e alguns, por conta de sua toxicidade, não podem ser usados em ambientes fechados, como apartamentos. Logo, sua utilização deve ser muito mais cuidadosa, respeitando todas as instruções de uso e de segurança a fim de minimizar ao máximo a possibilidade de esses produtos contaminarem o local e causar danos à saúde de todas as pessoas.

Alguns dos principais produtos comprados em mercado que ajudam em como matar cupim são:

Óleos lubrificantes: os óleos lubrificantes, ao entrar em contato com o inseto, grudam nele e matam-no por sufocamento. Podem ser aplicados diretamente na madeira, nos orifícios e dutos criados pelos cupins. São ideais para a eliminação de infestações menores de cupins, uma vez que sua ação é bastante focada em um móvel ou peça de madeira. Por serem produtos tóxicos, o manuseio requer todo o cuidado para que o ambiente não se contamine.

Gases Tóxicos: a ação desses gases tóxicos, quando aplicados em um local é a de substituir o oxigênio da madeira, eliminando todos os cupins nela presentes. Devem ser aplicados nos locais dos focos de infestação e, por se alastrarem pelo ambiente, possuem grandes chances de contaminação. Por isso, a forma mais segura de utilizar os gases tóxicos é com o auxílio de um profissional. Na aplicação desses produtos, é importante não deixar nenhum alimento ou roupa expostos que possam vir a ser contaminados e, após sua aplicação, manter o ambiente totalmente arejado por um período.

Métodos profissionais

Os cupins costumam se alojar em lugares escondidos, de difícil acesso, que sejam quentes e sem iluminação. Normalmente saem à noite para se alimentar. Por isso, ao combater a infestação em uma peça de madeira com esses métodos, deve-se ter em mente que apenas um foco dos cupins será eliminado e não as suas colônias de origem. Para descobrir como acabar com os cupins completamente e evitar futuras reinfestações, será preciso acionar uma empresa de dedetização, com profissionais capazes de identificar todas as colônias, com métodos, equipamentos e produtos eficazes na remoção completa dos insetos com o máximo de segurança.

Solicite seu orçamento de dedetização aqui.













Existem diversos métodos de como acabar com os cupins, selecionados de acordo com as características de cada infestação, inseto e o local a ser dedetizado. Alguns dos métodos mais utilizados são:

Pulverizações: aplicados em grandes áreas a fim de eliminar várias colônias e focos simultaneamente. Um produto é aplicado em uma área através de pincelamento ou com uma pulverizadora para eliminar cupins em pisos, tetos, rodapés, grandes peças, como portas, janelas e vários móveis, penetrando-os e matando os cupins. Em locais muito altos ou de difícil acesso pela pulverização, normalmente se utiliza uma atomizadora para a aplicação. Esse método possui uma grande possibilidade de contaminação e, por isso, deve ser feito somente com um profissional.

Barreira química: o objetivo da barreira química é, além de eliminar insetos presentes no local de aplicação, prevenir que grandes áreas de madeira, como piso e teto, sejam reinfestadas. É feita uma perfuração no perímetro da área isolada e, nela, aplicada o inseticida que impedirá os cupins de se aproximar novamente da madeira. Esse método oferece uma proteção por até cinco anos, possui altos riscos de contaminação e, para a sua utilização, deve-se conhecer bem a planta do local, para evitar que se atinjam encanamentos.

Utilizamos métodos que não agride o ambiente e seguros. Nossos profissionais são treinados e com pelo menos 5 anos de experiência no ramo de dedetização. Seu patrimônio protegido com total segurança.