Avenida Paulista, 2073

Dedetizadora em São Paulo

Dedetização do mosquito da dengue

A dengue é atualmente a doenças mais transmitidas por mosquito nas Américas. O vírus é transmitido pela picada do mosquito Aedes Egypti, um mosquito pequeno caracterizado por listras e pintas brancas em seu corpo e patas.

Dedetização de mosquitos É importante ressaltar que a dengue não é transmitida por contato, alimentos ou secreções, apenas pela picada do mosquito. A forma mais eficiente de se combater a dengue não é através de medicações e vacinas, porém, combatendo o mosquito da dengue, através da prevenção pela população e de ações corretivas de desinsetização.

Dedetizar mosquitos - Quais são os sintomas da dengue?

O vírus da dengue é transmitido ao homem pela picada do mosquito. O período de encubação do vírus é de 4 a 10 dias e nesse período os sintomas podem começar a aparecer. Na maioria dos casos, a doença dura de 5 a 10 dias e por volta do sétimo dia já não se sente tanto os seus sintomas. Os principais sinais de dengue são: febre alta, dores de cabeça, dores musculares, mau estar, dores abdominais, sensibilidade a luz, coceira e, em alguns casos erupções na pele.

Existe também a situação em que a dengue evolui para a chamada dengue hemorrágica, que é um quadro mais delicado da doença. Nesse caso, os sintomas clássicos da doença permanecem acrescidos de febre acima de 40° C, queda da pressão sanguínea, pele fria com lábios azulados e uma possível insuficiência renal. Nesse caso, se não houver tratamento, a dengue pode levar o paciente a óbito. Por esse motivo, além das pessoas não deixarem agua parada, quando a indícios de infestação de mosquitos, é necessário e aconselhável executar a dedetização de mosquitos.

O tratamento para essa doença é feito com repouso absoluto, ingestão de muita água e líquidos hidratantes, como água de coco, chás e sucos naturais. A alimentação deve ser leve e rica em frutas. Os medicamentos utilizados servem para tratar os sintomas, que são analgésicos e antitérmicos a base de paracetamol, como novalgina, anador, tylenol, analgex, parador, trimedal e acetofen. Para o tratamento da dengue o paciente não pode tomar nenhuma medicação a base de Ácido Acetil Salicílico, como doril, AAS, melhoral e sonrisal pois sua ação anticoagulante pode provocar hemorragias.

A pessoa contaminada com o vírus da dengue deve observar com cuidado quais são os possíveis locais onde esse mosquito a poderia picado, assim como sua residência (local de repouso) deve ser completamente examinada a fim de descobrir se há focos e prevenir contra possíveis infestações. Assim que descoberto o foco do mosquito da dengue, deve-se fazer a desinsetização do local.

Solicite seu orçamento de dedetização aqui.













Como prevenir contra a dengue?

Pelo fato de o mosquito locomover-se com rapidez e facilidade pelo ar, uma residência infestada pode causar prejuízos a toda a sua vizinhança e, por isso, a prevenção contra a dengue é uma ação importante e conjunta. As principais medidas preventivas consistem na remoção de qualquer foco de reprodução do mosquito, que é em água limpa parada. Qualquer fonte de água parada exposta deve ser removida ou tapada, como caixas d'água, piscinas, calhas, baldes, vasos e pratos de plantas, poças no chão, pneus, vasilhas, etc, mesmo no interior da residência. Também se devem ter ações contra focos de atração dos mosquitos, que são não deixar alimentos expostos nem lixo acumulado.

Os mosquitos da dengue reproduzem-se principalmente em períodos quentes e úmidos e, por isso, a primavera e o verão são a principal estação de reprodução do mosquito e necessitam uma atenção muito maior. Por isso, campanhas governamentais periódicas são importantíssimas para a prevenção, através de agentes de saúde regionais que visitam residências e colocam inseticidas nos lugares com maior risco de acúmulo de água, além de conscientizar a população sobre os riscos e os cuidados contra o Aedes Agypti.

Como combater o mosquito da dengue?

Existem inseticidas que são colocados nos pratos de vasos de plantas que não as prejudicam e previnem a reprodução de mosquitos naqueles locais. Esses produtos são exclusivos para uso profissional. Além das ações de prevenção, as dedetizadoras também possuem papel importante na eliminação do inseto, com produtos e equipamentos específicos para a dedetização do mosquito da dengue. Alguns dos principais métodos utilizados são:

Pulverização: excelentes para grandes áreas já infectadas, esse método de dedetização lança inseticida no ar através de uma pulverizadora, matando os mosquitos em voo.

Controle de superfície: nesse método, as dedetizadoras impregnam as superfícies de pouso do mosquito com produtos específicos a fim de eliminá-lo no momento de seu pouso.

As ações de combate ao mosquito da dengue são conjuntas e, por isso, mesmo se qualquer suspeita de foco em qualquer lugar na região, a Dedetizadora SP para averiguar uma possível infestação.

Utilizamos métodos que não agride o ambiente e seguros. Nossos profissionais são treinados e com pelo menos 5 anos de experiência no ramo de dedetização. Seu patrimônio protegido com total segurança.